Games

NGP? NOVO SUCESSOR DO PSP

fonte-tecnogamesbrasil

A Sony revelou seu novo portátil, denominado NGP (Next Generation Portable) com especificações técnicas dignas de respeito. Mas será que não é tarde demais para reagir?

Em um evento realizado em Tóquio, que acabou há pouco, a Sony revelou seu novo portátil, denominado NGP (Next Generation Portable) com especificações técnicas dignas de respeito. Mas será que não é tarde demais para reagir?Kaz Hirai, que virou o homem-Playstation quando o criador do console (e real gênio da história toda) Ken Kutaragi saiu da Sony, apresentou o novo portátil.As especificações impressionam. A Sony finalmente abandonou o design próprio de chips (que custa um absurdo em pesquisas) e escolheu uma CPU ARM Cortex A9 de 4 núcleos e uma GPU bem decente da Power VR, a SGX543.A tela ganhou capacidade multitoques, e a parte traseira uma superfície sensível ao toque (mais ou menos como no Motorola Backflip, mas muito maior).

MENU


Início » COISAS DIVERTIDAS » Sony revela sucessor do PSP
Sony revela sucessor do PSP
28 comentários
27/01/2011
6 min. leitura
por Jô Auricchio, editor convidado
RESUMO
A Sony revelou seu novo portátil, denominado NGP (Next Generation Portable) com especificações técnicas dignas de respeito. Mas será que não é tarde demais para reagir?

compartilhar:
Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)Clique para compartilhar no LinkedIn(abre em nova janela)Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)Clique para compartilhar no Telegram(abre em nova janela)Clique para enviar por e-mail a um amigo(abre em nova janela)Clique para imprimir(abre em nova janela)
Em um evento realizado em Tóquio, que acabou há pouco, a Sony revelou seu novo portátil, denominado NGP (Next Generation Portable) com especificações técnicas dignas de respeito. Mas será que não é tarde demais para reagir?

Kaz Hirai, que virou o homem-Playstation quando o criador do console (e real gênio da história toda) Ken Kutaragi saiu da Sony, apresentou o novo portátil.As especificações impressionam. A Sony finalmente abandonou o design próprio de chips (que custa um absurdo em pesquisas) e escolheu uma CPU ARM Cortex A9 de 4 núcleos e uma GPU bem decente da Power VR, a SGX543.A tela ganhou capacidade multitoques, e a parte traseira uma superfície sensível ao toque (mais ou menos como no Motorola Backflip, mas muito maior).Finalmente teremos dois direcionais analógicos de verdade – não a piada de mau gosto que é o direcional analógico do PSP atual, famoso por quebrar se não for operado com o cuidado que se segura um vaso de porcelana chinesa do século 10.O UMD – outro fracasso violento da Sony, uma espécie de mini-DVD, um formato proprietário derivado do MD que nunca pegou – foi substituído por um cartão de memória que parece com o SD, mas ainda não foi revelado se é mais um padrão proprietário. Conhecendo a Sony, provavelmente é.

MUDANÇAS

A mudança para um sistema de armazenamento baseado em memória flash é muito bem-vinda, afinal hoje muita gente hackeia o PSP para carregar os jogos de cartões de memória, pois todo sistema de armazenamento que usa partes móveis detona a autonomia de bateria. Mídia proprietária? Até hoje, só a Nintendo se deu bem com isso, e ainda assim pode ter sido um tiro no pé ter adotado um padrão próprio no 3DS. Há meios de proteger software com sistemas lógicos. Usar uma mídia prórpria não garante nada. É só ver o quanto o DS e o PSP foram hackeados nos últimos anos.Ou teremos um novo portátil viável (pelas demos, a coisa é boa, quase do nível do PS3) ou realmente a única alternativa será jogar no iPod Touch. O sucessor do PSP chega ao mercado japonês no natal. Ainda não foi definida a data de lançamento no ocidente. Ninguém falou em preço, mas se levarmos em conta a tela OLED, não vai ser barato. Vale lembrar que o 3DS da Nintendo será lançado em março, e terá uma enorme vantagem até o natal. Será que a Sony consegue encarar esse tipo de concorrência ou vai ficar mais uma vez para trás na corrida pela liderança do mercado?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.